ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES TEM NOVA ADMINISTRAÇÃO

Notícia

ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES TEM NOVA ADMINISTRAÇÃO

ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES TEM NOVA ADMINISTRAÇÃO

O prefeito Celso Pozzobom e a secretária municipal de Assistência Social, Izamara Amado de Moura, repassaram um veículo e assinaram termos de colaboração com o Centro Infantil Menino Deus no último dia 19.

A entidade assumiu em 1º de março deste ano a administração do acolhimento institucional para crianças e adolescentes, que abriga temporariamente crianças e adolescentes até 18 anos incompletos que estão sob a tutela do Estado.

Durante mais de 50 anos a Associação das Senhoras de Rotarianos, mais conhecida como Abrigo Tia Lili, ofereceu acolhimento institucional para crianças e adolescentes. O trabalho foi encerrado em 28 de fevereiro.
As senhoras de rotarianos atuarão agora em outros segmentos, inclusive dando apoio à rede de entidades socioassistenciais.

Nos anos 90, o Centro Infantil Menino Deus executou o serviço de acolhimento institucional e agora vem com uma nova diretoria para fazer com que esse serviço de alta complexidade consiga ter o mesmo prestígio que o Abrigo Tia Lili.

Toda a parte legal foi formalizada e os repasses estão garantidos para o custeio nas esferas federal, estadual e municipal. Os termos preveem repasses no valor de R$ 3 mil em recursos federais, R$ 3 mil do governo estadual e R$ 77 mil de recurso do município, totalizando R$ 83 mil mensais.

A diretora da Assistência Social, Adnetra Vieira dos Prazeres Santana, lembrou que o Centro Infantil Menino Deus hoje é presidido por Fábio Campanhã de Souza e tem mais de 15 anos de serviços prestados à comunidade. “Estaremos todos apoiando esse trabalho. O desafio é grande, mas a equipe terá todo o apoio da administração municipal através da Secretaria de Assistência Social”, disse.

O Centro Infantil Menino Deus atende hoje cerca de 20 crianças e adolescentes de até 18 anos. Os termos assinados para repasses financeiros têm duração de quatro meses e após esse período a entidade participará de um chamamento público para dar continuidade à prestação do serviço.

Além do aporte financeiro à entidade, o município cedeu (através de Termo de Permissão de Uso de Bem Público) um veículo Renault Kwid 0 Km para ajudar a entidade nos serviços ofertados aos acolhidos.

fonte: Secom/PMU

Foto: PMU

Envie sua mensagem Ouvinte Bianca FM