Colecionadora doa mais de  400 pequenas estátuas ao município

Notícia

Colecionadora doa mais de 400 pequenas estátuas ao município

Colecionadora doa mais de  400 pequenas estátuas ao município

Uma coleção de pequenas estátuas de casais de avós, com mais de 400 itens e em materiais diversos, foi doada ao patrimônio público municipal pela contadora Iza Laurindo Xavier. Amealhado em mais de vinte anos, o tocante acervo emociona os visitantes do Centro Cultural de Umuarama, onde está exposto no segundo andar.

O primeiro ‘casal de vovozinhos’ foi adquirido por Iza em 2001, quando seu primeiro neto veio ao mundo. “Quis algo representativo para aquele momento especial e pensei na força que tem um casal que fica junto até ficarem velhinhos, com suas histórias, suas vivências, suas lembranças. É uma dádiva de Deus essa duradoura união: juntinhos até velhinhos”, relata.
A inusitada coleção sempre fez sucesso e por 17 anos pôde ser visitada na agência da Receita Federal, onde Iza trabalha ininterruptamente desde 1976. Em 2017, por determinação de um chefe, ela teve de retirar o acervo do local. “Levei tudo para casa e agora nos mudamos para um apartamento, que não tem o mesmo espaço, então pensei em garantir a preservação dessa história doando ao município de Umuarama. As peças já estão expostas e agora vamos tratar da doação formal, documental, incorporando ao acervo histórico preservado no Centro Cultural”, detalha.
Há peças em biscuit, em tecido, em plástico, em resina, em argila. E em todas os vovós estão representados nas cenas mais diversas, desde um repouso tranquilo na cadeira de balanço à uma divertida brincadeira com o neto. “Mais que simples cenas cotidianas, os vovôs estão representados em momentos comuns a qualquer casal que tem esse privilégio de fica velho junto. Espero que essas cenas toquem e emocionem muitas pessoas, por muitas gerações”, declara Iza, com brilho nos olhos.
[elfsight_instagram_feed id="1"]