NOVOS AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS RECEBEM ORIENTAÇÕES PARA INÍCIO DO TRABALHO

Notícia

NOVOS AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS RECEBEM ORIENTAÇÕES PARA INÍCIO DO TRABALHO

NOVOS AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS RECEBEM ORIENTAÇÕES PARA INÍCIO DO TRABALHO

Os novos de Agente de Controle e Combate a Endemias (ACE) aprovados no processo seletivo simplificado (PSS) realizado pelo município de Umuarama tiveram a primeira reunião de formação com o coordenador do Serviço de Vigilância Ambiental, Carlos Roberto da Silva, e com a chefe da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), Maristela de Azevedo Ribeiro, na manhã desta segunda-feira, 17, no Anfiteatro Haruyo Setogutte, no Paço Municipal.
Além de receberem orientações para a execução das suas atribuições, os agentes receberam uma mochila contendo materiais de identificação e de trabalho. Por meio do PSS, o município abriu 20 vagas de ampla concorrência e uma para pessoa com deficiência, com salário de R$ 1.550,00 por 40h semanais de trabalho. O contrato tem duração de seis meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, totalizando um ano de atividade.
Na reunião, os agentes conheceram suas obrigações, responsabilidades e dificuldades que poderão enfrentar no dia a dia. O coordenador explicou como deve ser a rotina de trabalho, a abordagem respeitosa nas visitas às residências, a importância da função do agente no combate a endemias – especialmente à dengue – e o suporte que eles terão do município.
A diretora Maristela conduziu a apresentação dos agentes, que formam um grupo bem heterogêneo, com estudantes universitários e do ensino médio, alguns já graduados, vindos do comércio e setor de serviços ou iniciando no primeiro emprego. A maioria é de moradores já antigos da cidade terá pela primeira vez uma experiência no serviço público, mas alguns são provenientes de outras cidades, como Guaíra, Maria Helena, o distrito de Serra dos Dourados e uma agente está no Brasil há 10 anos, proveniente do Japão.
“Vocês são muito importantes, pois levaram de porta em porta a preocupação que o município tem com a saúde da população. Receberão cobranças, o que é normal, pois somos acompanhados pela Secretaria de Estado da Saúde, prestamos contas das nossas atividades e estamos em contato direto com a comunidade. Nossas ações são planejadas, coordenadas e sempre estaremos prestando contas”, acrescentou Maristela.
Os agentes também receberam orientações do diretor de Recursos Humanos da Prefeitura, Alexandre Faker Ribeiro, do controlador interno do município, Daniel Dutra de Souza, e do diretor da Secretaria Municipal de Saúde, Herison Cleik da Silva Lima. “É preciso se empenhar nas atribuições, porque esse contato é a imagem do município junto à população e os problemas em algumas residências podem impactar em toda uma comunidade. Parabenizamos a todos pela aprovação no processo seletivo, desejamos um bom trabalho e nos colocamos à disposição para dúvidas ou necessidades que surjam no período de contrato”, finalizou Alexandre Ribeiro.

Fonte: PMU

[elfsight_instagram_feed id="1"]