Prefeitura retoma cirurgias represadas pela pandemia

Notícia

Prefeitura retoma cirurgias represadas pela pandemia

Prefeitura retoma cirurgias represadas pela pandemia

Só este ano mais de 4 mil pessoas passaram pela Divisão de Tratamento Fora do Domicílio (TFD), departamento da Secretaria Municipal de Saúde que coordena o agendamento de consultas e cirurgias gerais e de média e alta complexidade. O movimento é intenso cinco dias por semana, com atendimento diário de 150 a 180 pessoas, feito por uma equipe enxuta dirigida por Maria José Roque Simões.

Mara, como é conhecida, não para e está sempre em contato com hospitais, clínicas e até tratando diretamente com os médicos o atendimento de um paciente. “Quem tem dor tem muita pressa. Eu não concebo ir para casa sem fazer o máximo que estiver a meu alcance para resolver um impasse, um problema. Fico de plantão o tempo que for, mas o importante é conseguir o atendimento”, resume.

A pandemia fez com que milhares de consultas e cirurgias ficassem ‘represadas’, mas agora, aos poucos, o fluxo de atendimentos está seguindo. De acordo com Mara, os procedimentos ‘mais acumulados na fila’ são as pequenas cirurgias – para retirada de cistos, nódulos e tecidos lesionados, drenagens, fimose etc. “Neste período de quase dois anos, foram priorizadas as cirurgias de urgência e emergência, de média e alta complexidade, por isso o sistema foi deixando os pequenos procedimentos para depois. Mas agora, graças a Deus, todos estão sendo encaminhados para atendimento”, relata.

A divisão de TFD também é responsável por providenciar passagens e liberação de diárias em casas de apoio em diversas cidades parceiras em todo Paraná. “Curitiba, Campo Largo, Campina Grande do Sul, Maringá, Cascavel… Onde conseguimos especialista nós fazemos essa ponte para oferecermos socorro aos umuaramenses. Aqui na cidade também é muito importante a atenção que recebemos de nossas instituições parceiras e todos os dias estamos em contato com o Nossa Senhora, Norospar, Cemil e Uopeccan. Em todos os lugares temos os anjos que nos socorrem”, afirma Mara.

Várias cirurgias de alta complexidade ainda estão represadas – como as ortopédicas de quadril e joelho e as neurocirurgias, além das bariátricas –, porém Mara relata que o prefeito Hermes Pimentel pessoalmente indicou à Secretaria Municipal de Saúde que se dedicasse “de corpo e alma” para atender aos cidadãos que mais necessitam. “Nós sempre trabalhamos com esperança e muita vontade de fazer mais. E vamos continuar lutando”, finaliza.

Fonte e foto: PMU

[elfsight_instagram_feed id="1"]