Restaurante Popular: Obra deve ficar pronta nos primeiros meses de 2021

Notícia

Restaurante Popular: Obra deve ficar pronta nos primeiros meses de 2021

Restaurante Popular: Obra deve ficar pronta nos primeiros meses de 2021

A construção do Restaurante Popular em Umuarama teve um atraso mas agora foi retomada. A obra em parceria entre a Prefeitura e o governo do Estado por meio da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento tem investimento é de R$ 2,6 milhões na construção, sendo que parte do município é de 421 mil reais.

Conforme o diretor de Obras da Prefeitura, Renato Caobianco, a construção está com um percentual executado de 62%. A execução da parte civil teve atrasos por conta da pandemia de coronavírus, mas ao que tudo indica será entregue nos primeiros meses de 2021.

O projeto compreende a construção de cozinha industrial, administração e refeitório, banheiros, depósitos e demais instalações. O convênio inclui a aquisição de equipamentos, materiais permanentes e de consumo para produzir refeições de qualidade a preços acessíveis, fortalecendo a rede de proteção nutricional do município.

O prefeito Celso Pozzobom diz que com esta obra será ampliada a atenção aos segmentos dos mais vulneráveis.” Será uma maneira de levar comida de qualidade aos desempregados, estudantes, idosos e aposentados, coletores de recicláveis, vendedores ambulantes, moradores de rua e trabalhadores de vários segmentos, entre outros públicos”, disse.

A estimativa inicial é oferecer 1 mil refeições por dia, número que pode ser ampliado conforme a demanda e as parcerias. A proposta é  servir refeições no local e também entregar marmitas a trabalhadores, atender outros bairros e estudantes do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e da Universidade Estadual de Maringá (UEM), que têm campi nas proximidades.

O Restaurante Popular de Umuarama é uma das 20 unidades que o governo do Estado está construindo ou modernizando em parceria com os municípios com mais de 80 mil habitantes

Umuarama já conta com o Banco de Alimentos, que fica no terreno ao lado e distribui cestas com frutas, legumes e verduras a cerca de 900 famílias por mês. Além dele, há também o Sacolão do Produtor, parceria com a Cooperativa dos Produtores Rurais de Umuarama (Cooperu), que vende no varejo os produtos da agricultura familiar.

Envie sua mensagem Ouvinte Bianca FM